Nova diretriz prega prescrição de exercícios físicos para todos os pacientes de câncer

17 de maio de 2018 by Clinica Incon
idoso-exercicio-fisico.jpg

Na Austrália, a organização preferida dos profissionais da área de câncer, a Clinical Oncology Society of Australia (COSA), Sociedade Australiana de Oncologia Clínica (tradução livre), declarou uma nova diretriz, onde os oncologistas e outros profissionais ligados ao tratamento da doença, devem prescrever aos seus pacientes rotinas de exercícios físicos e/ou encaminhá-los a professores de educação física.

  • Pelo menos 150 minutos de intensidade moderada ou 75 minutos de exercício aeróbico de intensidade vigorosa (por exemplo, caminhada, corrida, ciclismo, natação) todas as semanas e
  • Duas ou três sessões de exercícios resistidos (por exemplo, levantando pesos) a cada semana envolvendo exercícios de intensidade moderada a vigorosa visando os principais grupos musculares

O exercício deve ser adaptado às habilidades do indivíduo, aos efeitos adversos relacionados ao tratamento, à trajetória antecipada da doença e ao estado de saúde, acrescenta.

“A noção de que devemos proteger um paciente, envolvê-los em algodão, é antiquada e não é apoiada pela pesquisa”, disse David Speakman, MD, diretor médico do MacCallum Cancer Center, em uma reportagem australiana .

“Estamos em um ponto em que o nível de evidência é realmente indiscutível e a retenção de exercícios é provavelmente prejudicial”, disse Cormie na mesma reportagem.

A nova orientação australiana comenta que a “evidência mais forte” para o uso do exercício está na melhora da função física (como aptidão aeróbica, força muscular e capacidade funcional), atenuando a fadiga relacionada ao câncer, aliviando o sofrimento psicológico e melhorando a qualidade de vida. .

“Evidência emergente” indica que o exercício regular antes, durante e após o tratamento do câncer diminui a gravidade de outros efeitos colaterais adversos (além da fadiga e da angústia) e está associado à redução do risco de desenvolver novos cânceres, dizem os autores das diretrizes.

Além disso, a pesquisa epidemiológica “sugere” que a atividade física protege contra a recidiva do câncer, a mortalidade específica por câncer e a mortalidade por todas as causas para alguns tipos de câncer. Os autores australianos salientam que esta pesquisa é principalmente em câncer de mama, colo-retal e próstata.

Mais uma evidência da importância de se manter uma rotina com  inclusão de exercícios físicos regulares.

marca-branca

O Incon oferece avançado tratamento oncológico, com equipe multidisciplinar especializada, aliada a instalações agradáveis, amplas e seguras. O Centro é norteado pelo modelo de gestão C.A.R.I.N.H.O. que é baseado em ciência, eficiência e humanização.


Clinica Incon 2018 - Todos os Direitos são reservados.